INÍCIO
NOTÍCIAS
PERFIL SÓCIO-ECONÔMICO
ORIGEM DO BAIRRO
HISTÓRIA DO BAIRRO
POR DENTRO DO BAIRRO
MEMÓRIA HISTÓRICA
EXPANSÃO URBANA
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
LEGISLAÇÃO GERAL
NOSSO PATRIMÔNIO TOMBADO
NOSSO PATRIMÔNIO
PRESERVADO E TUTELADO
ÓRGÃOS PÚBLICOS
SOLICITAÇÃO DE DEMOLIÇÃO
ESPAÇOS CULTURAIS
HISTÓRICO
ESTATUTO SOCIAL
DIRETORIA
ATAS DAS REUNIÕES
RELATÓRIO DE GESTÃO
DEMONSTRATIVOS FINANCEIROS
AÇÕES JUDICIAIS
CAMPANHAS E EVENTOS
PROPOSTAS E PROJETOS DA AMAB
VÍDEOS
INSCRIÇÃO PARA ASSOCIADOS
EDIÇÕES ANTERIORES
ANUNCIE NO MANEQUINHO
SERVIÇO DENTÁRIO
TELEFONES ÚTEIS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
« voltar
Cabral oferece palacete no Rio para abrigar instituto de Lula
Data: 18/2/2011
Fonte: Folha de São Paulo
Autor: Gabriela Canseco e Cristina Grillo

O governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), sugeriu ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que a sede do futuro instituto dele na cidade seja no palacete Linneo de Paula Machado, em Botafogo, zona sul do Rio.

A sugestão foi feita anteontem à noite em jantar na casa do governador. Dele participaram também o prefeito Eduardo Paes e o empresário Eike Batista.

Há um problema na oferta: o imóvel não pertence ao Estado. Em setembro do ano passado a prefeitura confirmou que negociava a compra por R$ 10 milhões, mas não informou o que faria com ele.

Começaram a circular rumores de que ali seria a sede da Fundação Lula. A prefeitura negou e disse que a negociação estava encerrada.

A Folha apurou, porém, que as negociações não pararam. Começou-se a buscar um "mecenas" - um empresário que comprasse o imóvel e o cedesse ao ex-presidente.

O casarão de 1.750 m², instalado em um terreno de mais de 8.000 m² em área nobre da cidade, está desocupado desde 2005.

Na tarde de ontem, assessores do ex-presidente estiveram no local e ficaram impressionados com o imóvel em estilo eclético francês, construído no início do século passado pelo empresário Cândido Gafrée.

Tombado pelo Estado e pelo município, o palacete tem que ser preservado, o que afasta as incorporadoras.

Avaliação feita pela Ademi-RJ (Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Rio de Janeiro) calcula que, se fosse possível construir ali, o imóvel valeria entre R$ 60 milhões e R$ 64 milhões.

Ainda no Rio, Lula recebeu ontem o sociólogo Emir Sader, presidente da Fundação Casa de Rui Barbosa. Segundo Sader, o ex-presidente ainda está decidindo onde funcionará o instituto.

"Ele está cauteloso. Não sabe ainda como se colocar, como fazer e qual identidade vai assumir. Mas me disse que não quer fazer uma fundação como fez FHC em torno da própria pessoa."

« voltar  |  X topo
  AMAB 2017 - Todos os direitos reservados Web Design: Renato Faria