INÍCIO
NOTÍCIAS
PERFIL SÓCIO-ECONÔMICO
ORIGEM DO BAIRRO
HISTÓRIA DO BAIRRO
POR DENTRO DO BAIRRO
MEMÓRIA HISTÓRICA
EXPANSÃO URBANA
LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA
LEGISLAÇÃO GERAL
NOSSO PATRIMÔNIO TOMBADO
NOSSO PATRIMÔNIO
PRESERVADO E TUTELADO
ÓRGÃOS PÚBLICOS
SOLICITAÇÃO DE DEMOLIÇÃO
ESPAÇOS CULTURAIS
HISTÓRICO
ESTATUTO SOCIAL
DIRETORIA
ATAS DAS REUNIÕES
RELATÓRIO DE GESTÃO
DEMONSTRATIVOS FINANCEIROS
AÇÕES JUDICIAIS
CAMPANHAS E EVENTOS
PROPOSTAS E PROJETOS DA AMAB
VÍDEOS
INSCRIÇÃO PARA ASSOCIADOS
EDIÇÕES ANTERIORES
ANUNCIE NO MANEQUINHO
SERVIÇO DENTÁRIO
TELEFONES ÚTEIS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
« voltar
Barulho é hoje grande problema nos condomínios
Data: 04/07/2010
Fonte: O Globo

Morar em condomínio implica respeitar regras que, muitas vezes, são deixadas de lado. Segundo levantamento do Secovi Rio, os conflitos mais comuns envolvendo vizinhos são aqueles relacionados ao barulho e motivados por som alto ― arrastar de móveis, toc-toc de sapatos de salto e crianças correndo.

Os problemas com garagem, como falta de espaço, danos, furtos e ocupação irregular de vaga aparecem logo em seguida. Questões envolvendo obras (desrespeito aos horários, sujeira, uso das partes comuns para guarda de materiais de construção, falta de proteção e barulho) e animais (mau cheiro, circulação pelas partes comuns e latidos) completam a lista.

Moradores desconhecem seus direitos e deveres

Entre os síndicos, diz o advogado José Henrique Beauclair, do Secovi Rio, a reclamação mais recorrente é sobre a falta de qualificação dos empregados dos condomínios, que não sabem como agir diante de um conflito entre vizinhos:

― Além disso, falta conhecimento dos condôminos com relação à responsabilidade do síndico e da administradora. Eles também não conhecem seus direitos e deveres.

O conselho para síndicos e moradores, no entanto, é o mesmo: tentar solucionar as divergências através do diálogo, antes de apelar à Justiça. Enviar carta ou anotar a insatisfação no livro de reclamações do condomínio pode ser uma boa maneira de chamar o vizinho à conversa.

« voltar  |  X topo
  AMAB 2017 - Todos os direitos reservados Web Design: Renato Faria