ATAS DAS REUNIÕES
« voltar
01/07/2008 - Ata da Reunião Ordinária da AMAB

          Ao primeiro dia do mês de julho de 2008 , às vinte horas e trinta minutos, em sua sede provisória no Colégio Santo Inácio, situado à Rua São Clemente, 226, em Botafogo, teve início a Reunião Ordinária da Associação de Moradores e Amigos de Botafogo-AMAB, presidida por sua P residente , Regina Chiaradia e secretariada pelo Diretor de Finanças, Cesar Nordi. A Presidente deu os seguintes informes :

1º) Milícias na Zona Sul: . Regina informou que esse assunto continua sendo veiculado na mídia, mas que ela tem sentido muita resistência por parte das polícias Civis e Militares. Informou também que, segundo lei federal sobre o tema, o policiamento de rua só pode ser executado pela Polícia Militar, nem mesmo empresas legalizadas podem desenvolver este serviço e que, portanto, tudo o que hoje existe nas ruas é ilegal.

2º) Subenfiteuse Silva Porto: Regina informou que, mais uma vez, a má fé do escrivão responsável pelo 3º RGI, conseguiu impedir que todos os moradores de Botafogo que ali compareceram para retirar os gravames de suas escrituras fossem atendidos. Pois ao criar empecilhos tais como colocar todos os postulantes sob exigências, conseguiu retardar o atendimento até que a parte contrária entrasse com recursos que inviabilizassem os atendimentos. Regina informou que, por causa desse recurso impetrado pelos Silva Porto a situação agora é a seguinte: Mesmo com sua sentença pendente de recurso de Apelação por parte dos Réus, a Juíza da 38ª Vara Cível tinha determinado seu imediato cumprimento, com ofício ao RGI mandando cancelar os gravames. Essa decisão que determinou o cumprimento imediato da sentença, mesmo esta pendente de recurso, foi objeto de recurso de Agravo de Instrumento por parte dos Réus. A este último recurso de Agravo foi dado efeito suspensivo, ou seja, uma decisão de segundo grau que suspende temporariamente a decisão de primeiro grau que determinava o imediato cumprimento da sentença. Infelizmente, a decisão hoje em vigor desautoriza o cumprimento imediato da sentença. Esta decisão desfavorável à AMAB será reapreciada em breve, com o julgamento do mérito do Agravo.

) Estação Rio Sul/São João do Metrô : Regina passou a palavra para o associado Sérgio Bahia que vem a frente da comissão criada para tocar a campanha pela construção da referida Estação. Sérgio informou que, conforme o estabelecido na última reunião no Salão da Igreja Santa Cecília, estamos marcando agendas com os responsáveis tanto pelo Consórcio Rio Barra, quanto com o Superintendente da Brascan para saber deles a real situação da licitação da Linha 4 e dos reais interesses dos mesmos em participar da construção da Estação São João/ Rio Sul.

4º) Reunião da AMAB em outro local: Regina falou sobre a proposta que recebeu dos moradores ligados a causa da construção do Metrô na Rua Álvaro Ramos de deslocar uma das reuniões da AMAB do Colégio santo Inácio para outra parte do bairro. Disse que a proposta é muito bem vinda e que deverá ser estudada pela diretoria da AMAB.

5º) Café Comunitário no 2º BPM: Regina informou que a reunião é aberta a toda população e que os moradores deveriam comparecer mais no Batalhão para conhecer como funciona o policiamento e questionar as pendências ligadas a segurança pública.

6º) Praça Nelson Mandela com Unidade de Pronto Atendimento - UPA : O associado Ivan Landim informou que a área já está quase toda limpa. Regina colocou que não somos contra a UPA, mas contra a sua construção exatamente na área da Praça, e lembrou que existem outras áreas do Estado e do Município onde essa UPA pode ser construída, como por exemplo, a área utilizada pela COMLURB na Rua Prof. Álvaro Rodrigues que se encontra desativada.

7º) Construção no Lote 8 da Rua Ministro Raul Fernandes: Regina informou que tem se reunido com os moradores do entorno do Lote nº 8 da Rua Ministro Raul Fernandes para decidirem como vão se organizar para lutar contra a decisão judicial que autorizou a construção de um edifício naquele local. Lembrou que esse processo que já dura 10 anos, vinha sendo ganho pela AMAB, mas que no último mês de abril saiu uma sentença anulando a liminar ganha pela AMAB e autorizando a construção. Disse que os moradores estão muito mobilizados com a causa e que, provavelmente organizarão uma manifestação de rua para a qual todos os moradores serão convocados a ajudar.

E como mais nenhum assunto foi tratado, a reunião foi dada como encerrada, às 22 horas, cuja presente Ata segue por mim, Cesar Nordi, Diretor de Finanças, lavrada e assinada, juntamente com a Presidente, Regina Chiaradia.

 

Cesar Nordi
Diretor de Finanças
Regina Chiaradia
Presidente
 
« voltar  |  X topo
 
  AMAB 2017 - Todos os direitos reservados Web Design: Renato Faria