ATAS DAS REUNIÕES
« voltar
07/07/2005 - Ata da Reunião Ordinária da AMAB
     Aos sete dias do mês de julho de 2005, às vinte horas e trinta minutos, em sua sede provisória no Colégio Santo Inácio, situado à Rua São Clemente, 226, Botafogo, teve início a primeira reunião da nova diretoria da AMAB eleita no último dia em 23 de junho, Reunião Ordinária da Associação de Moradores e Amigos de Botafogo - AMAB, presidida por sua Presidente, Regina Chiaradia e secretariada pelo 1º Secretário Alcyr dos Prazeres Pinto Nordi. A Presidente Regina usou da palavra para dar os seguintes informes:

1º) O Manequinho
: a pauta para a próxima edição do jornal já está fechada. Pede para que sejam enviadas matérias para a edição seguinte;

2º)
Site da AMAB: o site www.amabotafogo.org.br já está no ar e recomenda que consultem e divulguem o Site, pois ele, mesmo sem estar completamente pronto, inclui informações importantes sobre o bairro. Foi um site muito caro, mas valeu a pena. Pretende incluir no site, uma seção de fotos antigas de Botafogo. Recomenda, também, a contratação de empresa ou técnico para a atualização diária, fator indispensável para despertar o interesse dos visitantes. É uma parte difícil de ser feita pela própria presidente, exigindo muito dinamismo do técnico;

3º)
Nascimento de bebê: Nasceu no dia 28/06, Danilo, o primeiro filho da ex-Vice Presidente da AMAB, Ruth Soriano. Para a jovem mamãe e o bebê, desejou muitas felicidades, informando, ainda, que publicará o evento em O Manequinho; 

4º)
Reunião no 2º Batalhão da PM: na última segunda-feira, dia 4, participou da reunião regular para o café da manhã com o novo comandante do Batalhão da PM, em Botafogo. Ela teve boa impressão do Comadante Quemento, achando-o muito objetivo. Foi informada de que trarão para o bairro 60 jovens do projeto Voluntários da Paz. Foi inquirida pelo vice presidente da ACOA (Associação dos Condomínios da Av. Oswaldo Cruz) porque a AMAB não estava atuando no projeto de reforma da Praça Nicarágua, ao que Regina respondeu que o projeto era de fundo politiqueiro e que ela, por isso, não iria participar nem discutir com Leila do Flamengo e Teresa Sombra da Associação do Morro da Viúva;

5º)
Plano Diretor: Está parado. Na tentativa de fazer a discussão o plano sair do papel, a Presidente, juntamente com a Sra. Maria Luiza Tambellini (ex-presidente da AMAB), mantiveram contato com a Vereadora Rosa Fernandes sobre o assunto. Nesse contato, foi solicitado pela Presidente da AMAB uma atuação mais consistente da mesma na revisão do plano, uma vez que, a área de Irajá, onde a vereadora tem forte influência, apresenta vários pontos deficientes. A vereadora Rosa se mostrou motivada em participar mais ativamente da revisão do Plano Diretor, dizendo que após o recesso na Câmara convocará Regina e Maria Luiza para reuniões de trabalho. A vereadora também mostrou-se interessada em ser apresentada à Associação dos Empresários de Botafogo. Regina disse, ainda, que pretende procurar outros vereadores para também tentar motiva-los a se envolverem na discussão do Plano Diretor;

6º)
Construções em Botafogo: tem sido procurada por muitos moradores reclamando da quantidade de construções existentes em Botafogo e que certamente prejudicarão o bairro. Ela lembrou a esses moradores que a Lei nº 434 (PEU de Botafogo) não proíbe a construção de prédios. Para a interdição ou proibição dessas construções há necessidade de mudanças na Lei. Para tanto, seria preciso pressão popular sobre os vereadores e sobre o prefeito para que mudem a lei. É uma tarefa difícil, pois sabe-se que os construtores financiam suas campanhas eleitorais. Solicitando a palavra, a recém eleita Conselheira Fiscal Denise Fabiano ressaltou os problemas de trânsito em Botafogo, registrando que recentemente teve que discutir com um inspetor da CET-Rio próximo ao Colégio Santo Inácio por causa de estacionamento de vans escolares. Regina sugeriu que Denise escrevesse a ocorrência para que a AMAB a levasse ao superintendente da Guarda Municipal. Esclareceu Regina, entretanto, que o trânsito no bairro está realmente muito ruim, pois Botafogo tem 87.000 habitantes fixos e mais 260.000 flutuantes que ao circularem durante os dias, provocam vários problemas no trânsito devido as ruas do bairro, geralmente estreitas, estarem sempre engarrafadas devido ao número excessivo de estabelecimentos de ensino e clínicas médicas. O Diretor de Finanças, César Nordi também falou sobre uma obra na Rua S. Clemente em frente à Rua Dezenove de Fevereiro que sempre causa engarrafamento no trânsito, devido ao ponto de ônibus ali localizado. Se o ponto fosse deslocado dois ou três postes para adiante, a obra não causaria tantos transtornos. Já sugeriu essa mudança muitas vezes à CET-Rio, mas nenhuma providência foi tomada. Regina sugeriu que fosse feita uma nota sobre o assunto para publicação no Manequinho.

E como mais nenhum assunto foi tratado, a reunião foi dada como encerrada, às 22 horas, cuja presente Ata segue por mim, Alcyr Nordi, 1º Secretário, lavrada e assinada, juntamente com a presidente, Regina Chiaradia.
Alcyr Nordi
1° Secretário
Regina Chiaradia
Presidente
 
« voltar  |  X topo
 
  AMAB 2017 - Todos os direitos reservados Web Design: Renato Faria