ATAS DAS REUNIÕES
« voltar
05/05/2005 - Ata da Reunião Ordinária da AMAB
     Aos cinco dias do mês de maio de 2005, às vinte horas e trinta minutos, em sua sede provisória no Colégio Santo Inácio, situado à Rua São Clemente, 226, Botafogo, teve início a Reunião Ordinária da Associação de Moradores e Amigos de Botafogo - AMAB, presidida por sua Presidente, Regina Chiaradia e secretariada pelo 1º Secretário Alcyr dos Prazeres Pinto Nordi. Regina prestou os seguintes informes:

1º)
Mansão dos Linneo de Paula Machado: "O Globo" publicou hoje que os jardins da referida mansão, no quarteirão entre as Ruas Eduardo Guinle e Dona Mariana, foram desmembrados para viabilizar a construção de dois prédios. Regina lembrou que o conjunto: "mansão e jardins" são tombados por decreto municipal de 1987, mas sabe que existe na Prefeitura uma tentativa de flexibilizar o ato de preservação daquele patrimônio com o objetivo autorizar a sua descaracterização. Pretende preparar manifestação contra a construção dos prédios e pede a participação de todos nesse movimento.

2º) Licenciamento de novas Construções em Botafogo:
O próprio site da Secretaria Municipal de Urbanismo, publicou um artigo, onde consta que o bairro de Botafogo "foi, disparado, onde mais se licenciaram novas construções na Zona Sul". O que para nós, moradores, não é uma boa notícia, tendo em vista as péssimas condições da infra-estrutura do bairro, já amplamente conhecidas. Abordou o caso da construção do prédio que está sendo erguido na Rua São Clemente, ao lado do canteiro de obras do Metrô, no qual os compradores das unidades estão sendo lesados pela Prefeitura e pela construtora CHL. Isto porquê o projeto do prédio prevê a portaria do mesmo voltada para uma praça, onde, na verdade, hoje é um canteiro de obras do Metrô e que este, já comunicou oficialmente à Prefeitura que não pretende sair do terreno nos próximos dez anos.

3º) Linha 4 do Metrô:
Regina foi informada por um funcionário do Metrô que, finalmente, o Rio Sul vai assumir a construção da estação S. João, em Botafogo, conforme originalmente era previsto. A estação ficará na R. Álvaro Ramos e terá esteira rolante até o shopping, deslizando ao entre vitrines. Sabe-se que a permissão para a construção dos 44 andares do Rio Sul foi em troca do Shopping arcar com os custos da estação S. João.

4º) Pólo de Cinema em Botafogo:
No próximo dia 20, serão inauguradas 6 novas salas de cinema na Praia de Botafogo, o "Unibanco Arteplex", onde funcionavam o Scala e o Coral, que contará com uma livraria e um bistrô. O grande diferencial em relação aos concorrentes é que uma das salas contará com o sistema de som THX, padrão de excelência sonora, desenvolvido pelo diretor americano, George Lucas; em julho, o Rio Sul inaugurará mais 6 cinemas; no final do ano, mais 5 salas de cinemas iniciarão suas atividades num novo prédio da R. Voluntários da Pátria. O próximo festival de cinema em 2006 causará, certamente, sérios problemas para o bairro, principalmente no que se refere a trânsito. Houve proposta de um participante, de que o local onde está o terreno do metrô voltasse a ser estacionamento para dar apoio aos cinemas.

5º) Proprietários de apartamentos novos
: muitos ligam para Regina, por orientação da Prefeitura, para pedirem explicações sobre o pagamento de taxas referentes a subenfiteuse do imóvel. Inicialmente Regina responde que quem tem que dar explicações sobre o assunto é a Prefeitura, mas depois, explica resumidamente o caso. Disse, também, que um reporte da Globo comprou um desses apartamentos e ele tem conversado muito com ela sobre o assunto. Segundo disse a esse reporte, a Prefeitura não tem a documentação sobre a subenfiteuse, porquanto ela foi queimada por ocasião do incêndio no prédio da Prefeitura onde a documentação se encontrava. Regina estranha o fato, porquanto ela possui cópia de toda a documentação que, inclusive, está anexada ao processo contra os Silva Porto. 

6º) Troca de gás: a CEG está em Botafogo continuando a conversão do gás manufaturado para o gás natural. Chama a atenção dos associados para esses serviços, pois a CEG muitas vezes cria dificuldades para vender facilidades, e desta forma, cria gastos desnecessários para os consumidores. Pede a atenção também para a parte técnica, pois o serviço é feito por firmas terceirizadas que nem sempre possuem mão de obra qualificada a contento.

Dando prosseguimento a reunião, a Diretora Social e Cultural, Cacilda dos Santos, perguntou se Regina tinha alguma notícia sobre o destino da área da antiga Casa de Saúde Dr. Eiras, uma vez que até o estacionamento que lá funcionava parece ter sido desativado. Regina disse que estava atenta ao problema e que não tinha tomado conhecimento de qualquer alteração para aquela área.

E como mais nenhum assunto foi tratado, foi encerrada a Reunião, às 22 horas, cuja presente Ata segue por mim, Alcyr Nordi, 1º Secretário, lavrada e assinada, juntamente com a presidente, Regina Chiaradia.
Alcyr Nordi
1° Secretário
Regina Chiaradia
Presidente
 
« voltar  |  X topo
 
  AMAB 2017 - Todos os direitos reservados Web Design: Renato Faria